sexta-feira, janeiro 25, 2008

Porque eu gosto de ti...Apesar de ser uma besta

Muito boa noite meus caros leitores. Aqui estou eu nas minhas velhas lides.

Confesso que estou a cair de sono pois não tenho dormido o suficiente. Esta semana mal consegui abrir os olhos e segurar a cabeça. No entanto, agrada-me bastante estar a escrever na minha hora fértil que é esta que está a decorrer. Já há muito que não o fazia e parece-me que não vou parar de escrever tão cedo. Todas as minhas actividades criativas deviam ser executadas a essa hora.

Esta hora coincide com a minha famosa e implacável "hora da parvalheira". Para quem não sabe a hora da parvalheira é quando estamos a cair de sono de tal forma que da nossa boca só sai disparate. Parece que bebi uns copos a mais mas isto é só sono juro...Eu porto-me bem!!! possivelmente é a minha hora fértil pois é quando estou mais livre, descontraída e não tenho cuidado nenhum com as palavras. Divulgo tudo o que penso...

Pois eu e o Loirinho voltamos ao que realmente sabemos fazer de melhor um com o outro...Discutir...Discutir...Discutir...A nossa relação treme mais que gelatina e eu também não ajudo nada com a minha nostalgia e comparações. Ele não tem os olhos azuis que me deixam louca, é um puto, anda com as calças a cair até meio das pernas e é LOIRO!!! Mas o rapaz lá no fundo até é bom mocito...Mesmo chatinho...carago eu gosto mesmo dele e não sei porquê...Ou sei...Lanço a pergunta:

Porque é que gosto de ti Loirinho???



  • Os teus olhos são lindos (mesmo não sendo azuis...Os meus são catanhos e estrabicos).

  • És inteligente (qualidade muito apreciável num individuo do sexo masculino...e rara...Não quero ofender ninguém).

  • Tens jeitinho (quando nao me depenteias e me agarras no meu casaco caríssimo consegues ser um querido).

  • Este tópico não posso divulgar pois a minha irmã pode vir cá espreitar...mas tem a ver com as tuas aptidões linguisticas.

  • Pois é isso...Sabes falar inglês...Pelo menos dizes que sim.

  • Tens uma cultura incrivel (às vezes fico de boca aberta).

  • Fazes-me rir (sei que há momentos em que dispensavas).

  • Respeitas-me.

  • Proteges-me.

  • Defendes-me.

  • Mostras-me o meu valor.

  • Tens uma auto-estima que eu invejo (aparentas pelo menos).

  • Tens sempre boa resposta para (quase) tudo.

  • Fazes-me feliz.

Como poderia eu não gostar de ti? Estou a morrer de sono...Já preciso de uns palitos...Continuo a escrever depois...Inté que já não me aguento.

1 comentário:

Luzir disse...

Sabes quantas pessoas estão neste momento no IPO a morrer e a sofrer?
Sabes o que todas elas dariam para poder ter a tua sorte de ser saudável... poderem frequentar a escola, andar na rua... ter arrufos de amor, discutir, dormir descansados, acordar sem preocupações com a saúde... poder sair de casa para caminhar... para poder olhar este céu azul lindo que nos cobre?
Pensa nisso Belita... precisas de passar por isto para cresceres, como todos nós... um dia ainda te vais rir, é sempre assim...
Repara no Mundo... no quanto ele é lindo... cheio de côr e luz... às x só falta mesmo isso...
Beijinho