terça-feira, junho 19, 2007

Confidências de uma adolescente problemática...sem comentários

Pois, estou cá de novo oficialmente de férias. Tenho aproveitado este tempo livre para escrever no meu diário e para ler também.
É complicado aperceber-me de como o agora nunca é agora pois quando disse que era agora, já é passado e quando estava a escrever que o agora é passado, era presente mas agora já é passado. Txii!! Que confusão. A vida corre e não espera por ninguém.
Podem pensar que sou obsecada por estar sempre a falar do mesmo, mas toca-me bastante. E voltamos ao mesmo assunto: 9ano, o melhor da minha vida. Antes pensar no 9 que no 10. É que sabem, hoje foi o exame nacional de Português do 9 ano e lembrei-me do meu, que foi no ano passado. Podem-me chamar maluca ou o que quiserem mas eu sinto falta desse tempo. Tenho saudades de toda aquela impaciência e a adrenalina.É, pequenas coisas fazem-me pensar na vida que tinha. Há um ano foi a época mais rica da minha vida. Sinto muita falta das pessoas que sempre estiveram comigo, sinto falta dos professores que nunca mais vi.
Sexta-feira é o baile de finalistas de 9 ano e eu fui convidada. Recordo-me de novo do meu. Aquele sonho, o dia em que disse adeus a tudo e parti para uma vida mais dura.
Tenho saudades das saídas que fazia com o pessoal. Sinto falta de tudo.
Quero-me divertir na sexta...
Sábado tenho uma festa de anos de uma amiga e espero poder voltar a ver o pessoal. Quero ter bons momentos de novo. Quero fazer de todos os dias meus, unicos, especiais, diferentes e surpreendentes!
Estava a pensar resumir como foram os primeiros dias de férias mas dispenso. Não estou com vontade...
Agora estou feliz por estar aqui a escrever...Mas ok, chamem-me doida. Estou de férias, que mais quero? ok, estou um pouco em baixo...É que...Ao sair de casa senti-me um pouco inferiorizada. É que...Hoje o espelho não me deu a imagem que queria ver. Estão a pensar: problemas da adolescência, mas eles existem e eu sou adolescente, eu tenho. Sonho com uma imagem diferente da que tenho. Vejo nos outros aquilo que queria ter e não é só na imagem. Os outros têm tudo e eu...
Dinheiro é sempre problema. mais...os pais outro problema...enfim...O que é estar bem e sorrir? Gostava de saber o que é.
Sinto-me sozinha. Em casa estou sozinha, não confio em ninguém. A minha familia é uma seca e não me compreende. Nunca faz nada de novo, nunca me deixa fazer a mim. Controlam-me, zangam-se, não me suportam, não me compreendem. Fazem-me sentir que...Eu não queria ter nascido. Eu não queria ser infeliz, chatear os outros. Ok isto está-me a pôr mal e não é isso que eu quero. É que eu via nos meus amigos a minha 2 familia por isso é que falo tanto daquela vida que tinha. Eles não eram a 2, eram mesmo a 1 familia. Imaginem-se sem ninguem. É que eu até posso ter muita gente à minha volta mas na verdade não tenho ninguém porque ninguém está disposto a estar comigo, falar e ouvir-me. E eu fico com tudo cá dentro,sou obrigada a sorrir para as pessoas não "dizerem coisas feias" de mim porque eu quero que gostem de mim e não quero ser chata. Para além disso não quero que me deixem mais sozinha. Quero que as pessoas gostem de estar comigo. Desculpem estar aqui a descarregar mas... Sei lá... é como se alguém me ouvisse. É que ninguém compreende o que sinto.
O que me safa são as voltinhas pelo Marco com a minha melhor amiga depois do jantar e do geladito...Sinto-me então feliz e bem, muito bem!

2 comentários:

neia disse...

bem... ser andreia... acredita que há quem esteja pior que tu...
eu ouço-te se quiseres... outra coisa: vamos trocar as vidas? mudarias pa pior...

Anónimo disse...

tens de aprender a confiar nas pessoas!
bj

Vasconcelos